segunda-feira, 19 de outubro de 2009

ROI = Return of Investment

É o que se costuma dizer quando existe um investimento no clube e se quer ter o seu respectivo retorno.

Este ano, o Benfica investiu e bem em jogadores e também num treinador, e até agora, o retorno tem sido mais desportivo, que financeiro. Para já, uma média de golos surpreendente, exibições conseguidas, algumas assistências razoáveis, mas sem encher totalmente o estádio.

Estando a jogar tão bem, como é que o Estádio da Luz não enche? Porque é que não há iniciativas para sócios para encher o estádio? Porque se praticam preços tão altos para os jogos do Benfica em casa?

Já sabemos que a "onda vermelha" está aí e os adversários vão aproveitar para esmifrar os adeptos e simpatizantes do Benfica. E porque é que em casa se pratica o mesmo errado exemplo?

É certo que tem de haver retorno também ele financeiro, mas se a isso houver um acompanhamento eficaz de gestão, existem razões para podermos sorrir, caso contrário, os valores serão negativos uma vez mais...

5 comentários:

bailarino disse...

Olá.
não tenho ido ao estádio e não sei como estão os bilhetes, mas se há razão para o estádio não ter enchido é por ainda não termos tido jogos "a sério" em casa.
Temos tido quase enchentes com adversários normalmente levariam meia casa à luz.
Quanto à politica dos preços, se estiverem como nos anos anteriores, estão elevados. Mas não se pode querer que o clube invista o que investe e baixar o preço dos bilhetes...

Abraços

GeracaoBenfica disse...

Há muito tempo que não escrevo na blogsfera e vou fazê-lo por ser este um espaço ainda pouco conhecido, mas acima de tudo porque finalmente leio um tópico centrado nas necessidades do clube, mais do que na euforia (que os próprios responsáveis teimam - e bem - em acalmar).

O entusiasmo e determinação é "tarefa" dos jogadores, treinadores e adeptos. Ao JJ pede-se bom futebol (e tem havido), regularidade nos momentos mais dificeis (é preciso melhorar). Aos jogadores pede-se ambição e espírito de conquista onde é fundamental querer sempre mais e mais (parece que essa mensagem vem via JJ e está a ser aprendida).

É importante perceber que foram muitos anos "fora da mãe", como diz o JJ. Ou seja, sem dinâmica de vitórias, sem organização no futebol, sem... dimensão no campo.

Com muitos erros de percurso, muitos deles evitáveis em larga escala, LFV tem feito a sua parte fora do campo. Tem ele todo o mérito da recuperação financeira e do apoio que granjeou junto dos parceiros como o BES (para o Benfica e para ele próprio - mas quem pode atacar isso?).

O Benfica esteve no fundo mesmo. Está longe de estar bem, muito longe. Cada conquista foi uma vitória, por muito pequena que tenha sido.
Duro, duro, foi trilhar esse caminho sem dinheiro e andar às compras a custo zero como LFV e Veiga tiveram de fazer.

Hoje em dia, salvo a devida comparação, somos uns "novos ricos". O dinheiro não é nosso (acredito que... ainda), mas já temos como o ter para gerir o clube.

A dinâmica de vitória está criada, lamento que 90% por mérito do JJ, pois penso que deveria ser algo independente do treinador, dado que como diz o velho Mário Wilson, qualquer um se devia arriscar as ser campeão pelo Benfica.

Mas não choremos no leite derramado e não sejamos "Velhos do Restelo", as vitórias que todos queremos estão aí e é hora de apoiar tudo e todos e não olhar às diferenças que nos separam.

Por isso mesmo, ao mesmo tempo que o faço, peço que a Administração da SAD e a direcçã do Clube (repito: E A DIRECÇÃO DO CLUBE - é importante não esquecer o Clube, por isto não é só bola!) saibam tirar o devido retorno deste momento.

Se por um lado, FINALMENTE, o dpt de Comunicação começa a trabalhar a todo o gás, fazendo vincular na imprensa as noticias certas no momento certo (umas vezes para evitar uns temas, outras vezes para potenciar outros), é importante também que o Marketing e o Dpt Comercial sigam o mesmo caminho.

Há muitas iniciativas para explorar e não podem esperar que o Benfica se alimente apenas das receitas de bilheteira.

É preciso ir muito mais longe... muito mais, com iniciativas que garantam retorno financeiro, social e mediático ao Clube.

É esse o caminho, que quem quiser ajudar o Clube, deve trilhar agora. Deixem as noticias para quem "bebe e come" jornais... e foquemo-nos em ajudar o clube.

Toca a dar ideias para o Benfica, não tenham vergonha de as enviar. Não esperemos que o Benfica o faça, ajudemos a fazer e ajudemos o clube a tirar proveito desta onda.

É fundamental saber por de lado o apoio cego ou as diferenças evidentes, quando o que está em causa é dar dimensão ao Benfica.

PlanetaEncarnado disse...

GeraçãoBenfica, fui durante algum tempo seguidor do seu blog e vi com tristeza o seu encerramento, apesar das opiniões desavindas que temos em algumas coisas.
Gostava de agradecer o comentário (ainda que enorme como eram os seus textos) e as referencias que fez ao nosso blogue no seu twitter que tem tantos seguidores.
É uma pena, com essas opiniões, estar fora dos blogues. Gostava de lhe pedir autorização para divulgar o seu comentário na pagina principal do blogue.

GeracaoBenfica disse...

preferia que não o fizessem, se eu quisesse ter visibilidade nas minhas opiniões não teria fechado o blog.

ainda assim, se o quiserem fazer e/ou se isso ajudar a divulgar o vosso espaço, não me oponho.

Sempre disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
Revolucionar o Futebol profissional em Portugal, pela implementação de um novo modelo de gestão, financiamento e organização.

Petição em:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/